BREAKING NEWS

Como um Asperger lida com a sua aparência?

Foto:  Reprodução

Como será que um Asperger lida com sua própria aparência?

Hoje vamos falar sobre a aparência, algo que nos tempos atuais é um tema extremamente relevante, em diversas situações de nossas vidas.

A aparência é muito importante para um emprego, para relacionamentos e ainda outros aspectos.

Mas e para uma pessoa que tenha a Síndrome de Asperger em sua vida, será que a aparência também é importante?

E ainda como é que essas pessoas lidam com a sua própria aparência?

É isso que tentaremos falar por aqui hoje, tentaremos ao máximo não generalizar as coisas, visto que temos recebido criticas por conta de acharem que temos generalizado os assuntos por aqui abordados.

Somente a modo de nos explicarmos, não generalizamos nenhum tema, talvez seja o leitor que tenha entendido de tal maneira.

Mas retornando ao tema de hoje, a aparência é muito importante atualmente, um desleixo com a mesma, pode representar várias portas sendo fechadas em sua vida.

A sociedade em que vivemos hoje em dia, liga muito para as aparências e mesmo que uma pessoa seja excelente em algo, ele pode não ser respeitado, por não ter a aparência ideal.

Quando trazemos isso tudo para a vida de uma pessoa que tenha o Asperger em sua vida, o assunto pode ser ainda mais interessante.

Nunca é demais lembrar que o Asperger hoje em dia, é conhecido simplesmente como o grau mais leve dos Transtornos do Espectro do Autismo (TEA).

As suas principais características são uma dificuldade na interação social e ainda por conta de alguns problemas motores, fora isso, essas pessoas podem levar uma vida bem semelhante a pessoas “normais”.

Quando falamos sobre a aparência de um Asperger, podemos dizer que essa não é uma coisa muito importante para essas pessoas, não que estejamos dizendo que isso seja uma verdade única e que todos sejam assim.

Mas boa parte destes individuos, ou não ligam muito para sua própria aparência, ou ainda não se gostam de como ela é.

Aqueles que não ligam para a própria aparência, costumam deixarem de ter alguns cuidados básicos, como o ato de cortar os cabelos, cortar as unhas, fazer a barba e por ai vai.

Já aqueles que não gostam de como são, por mais que digam que ele, é “bonito” ou ainda “interessante”, este tem grandes dificuldades para acreditar em tal fato.

Geralmente essas pessoas não conseguem se enxergar sendo atraentes para um outro alguém, novamente lembramos que isso não é uma verdade absoluta.

E para você, como é lidar com a sua própria aparência? Costuma se cuidar? Você gosta da maneira que é? Nos conte abaixo!!!

Caso encontre erros, nos avise que serão corridos, o mais breve possível!

 

« »
4 Comments

    Gi

    Janeiro 28, 2018 at 5:04 pm

    Meu filho é asperger, sim ele se importa com aparência e com roupas, ele escolhe o corte( não muito curto) e escolhe cor das roupas e se são confortáveis

    Sarah Moreira

    Janeiro 29, 2018 at 5:04 pm

    Complicado esse ‘padrão’ presente em muitos aspergers de inadequação, insegurança e insatisfação consigo… acho que dai surge a autossabotagem e descuido em relação a aparência

    Marcylle

    Janeiro 29, 2018 at 5:04 pm

    É um inferno. Ao mesmo tempo que não sou a pessoa mais feia do mundo, e as vezes me acho bonitinha, não me acho bonita. Eu me vejo como uma pintura de Picasso, feições fragmentadas de um todo.

    Teresa

    Fevereiro 2, 2018 at 5:04 pm

    Sempre tive um gosto particular com a minha aparência mas pelo facto de gostar de me vestir muito diferente das pessoas normais, mais rebelde, encontrei muitas portas de trabalho a fecharem após 1a entrevista. O facto de ser inteligente e trabalhadora nunca chegou.

Deixe uma resposta