BREAKING NEWS

Entenda a diferença entre Asperger e Autismo Clássico

Foto: Reprodução

Qual a diferença entre o Asperger e o Autismo Clássico?

Essa é uma pergunta que muitas vezes me deparo em grupos dos quais faço parte, muita gente ainda não compreende qual a diferença entre um transtorno e outro.

O que a maioria das pessoas sabem hoje em dia é que tanto um, como o outro é parte dos transtornos que formam o TEA, que é a abreviação para Transtornos do Espectro do Autismo.

Essa consolidação dos transtornos em apenas uma coisa, tem deixado muitas pessoas confusas, mas irei tentar explicar da maneira mais simples possível neste artigo.

Primeiro precisamos saber um pouco mais sobre um e outro, e vamos começar falando do Asperger.

Um Asperger é uma pessoa que tem como característica principal dificuldades na interação social e por vezes ele pode ser meio atrapalhado, devido a alguns problemas motores.

Apesar deste fato, um Asperger pode levar uma vida normal, sem que seja dependente de seus responsáveis, geralmente um individuo que tenha o Asperger tem uma capacidade de aprendizado incrível, até mesmo acima da média de muitas outras pessoas que são vistas pelo mundo como “normais”.

No caso do Autismo Clássico, estes indivíduos tendem a ser mais dependentes de seus responsáveis, eles também trazem consigo a dificuldade motora e a dificuldade na interação social como suas principais características.

O que difere o Asperger do Autismo Clássico, é a intensidade destes aspectos.

As dificuldades na comunicação de um Autista Clássico tendem a ser bem mais acentuadas do que as de um Asperger, existem muitos casos, onde um Autista Clássico começa a falar suas primeiras palavras após muitos anos depois de seu nascimento.

Outro aspecto que difere o Asperger do Autismo Clássico, é o nível das crises nervosas que estes indivíduos tendem a terem, as crises de um Asperger apesar de severas, tendem a serem menos intensas do que as que um Autista Clássico venha a apresentar.

Outro ponto que posso citar como divisor de aguas, entre um transtorno e outro é o diagnostico, geralmente o diagnostico para o Autismo Clássico chega nos primeiros anos de vida do indivíduos, já para um Asperger, ele pode passar toda uma vida sem saber de seu quadro.

Isso porque, como já citado acima, um Asperger pode levar uma vida normal, apenas com alguns comportamentos não muito convencionais.

Um individuo que tenha o Autismo Clássico tende a apresentar um maior nível de desatenção  e são mais impulsivos, cerca de 5% dos indivíduos que tenha o Autismo Clássico em suas vidas, tem suas capacidades de aprendizado acima da média, 40% deles apresentam níveis normais de aprendizado e 50% destas pessoas tendem a apresentar algum tipo de retardo mental associado, o que por vezes pode dificultar em seu desenvolvimento.

Por fim ainda pode ser citado o fato de um Autista Clássico, apresentar alguns outros transtornos associados, algo que não é muito frequente no caso de pessoas que tenham o Asperger.

Para ambos os casos, um tratamento adequado é indicado, para que desta forma possam se desenvolver da melhor maneira possível.

E como não poderia ser diferente, é preciso lembrar  que tanto um Autista Clássico, como um Asperger, não gosta de ser visto como “diferente”, busque o tratar como uma pessoa “normal”, mesmo que ele seja excêntrico.

Quando um individuo se sente parte de algo, ele tende a ter melhores resultados em seu desenvolvimento, espero ter sanado as duvidas referentes ao assunto!

« »
3 Comments

    Jones Anderson Stahnke

    novembro 28, 2017 at 1:02 pm

    Pelo que eu sei Asperger e Autismo é uma coisa só, isso meu médico e minha psicóloga disseram, que o Asperger é o grau mais leve do TEA

    Jones Anderson Stahnke

    novembro 28, 2017 at 1:02 pm

    Asperger e Autismo pelo que eu entendi é o grau mais leve do autismo, portanto uma coisa só.
    Isso foi meu médico e minha psicologa que disseram.

      FernandoAzevedo

      novembro 29, 2017 at 1:02 pm

      Sim. Eles estão certos, ambos os transtornos estão dentro do TEA, a diferença entre um e outro, é o grau de intensidade, que se manifestam na vida dos indivíduos que os possuem!