BREAKING NEWS

Vale a pena assistir a serie Atypical?

Vale a pena assistir a série Atypical?

Hoje farei um artigo diferente dos demais que aqui vem sendo divulgados.

Como bem sabem esse blog nasceu como uma missão e acabou sendo levado para um outro caminho.

Este espaço havia sido criado apenas com o intuito de divulgar informações a respeito de meu primeiro livro, que tem o mesmo nome do blog.

Só que percebi que o mundo precisava de mais informações sobre o Asperger que é algo que é parte do que sou e também que é parte da natureza do Alê que é o personagem principal de meu livro.

Foi assim que dei inicio a um apanhado de artigos, tentando esclarecer duvidas que muitas pessoas que sofram com o Asperger em suas vidas possam vir a apresentar ao longo de suas jornadas.

Como muitos que convivem com esse “problema” devem saber, o Asperger ou simplesmente (TEA) como é chamado hoje em dia, não é um transtorno muito conhecido pela sociedade e muitas vezes pessoas com algum traço do autismo são vistas com maus olhos pelas pessoas que os cercam.

E é exatamente nisso que a série Atypical é focada, o seriado produzido pelo Netflix tem como premissa principal a vida de um jovem de 18 anos de idade que enfrenta todas as peculiaridades que o autismo impõe em sua vida.

Na trama os assuntos que afetam a vida de milhares de pessoas ao redor do mundo, todos os dias, são abordados de maneira leve e com muito bom humor.

Claro que existem alguns pontos dos quais achei meio que exagerados, mas que ajudam um publico leigo no assunto a passarem a ver uma pessoa que seja autista com um olhar diferente.

Atypical é sem sombra de duvidas uma ótima opção de entretenimento para familiares de autistas, e também para pessoas das quais convivam de forma indireta com um, e não consegue entender bem tudo que se passa com esse ser.

Bem isso é tudo que tinha a falar sobre o seriado, sempre que ver algo que possa a ajudar as pessoas a nós verem com um novo olhar, irei compartilhar por aqui.

Até um próximo artigo, com algum tema que possa servir de aprendizado, tanto para você que acompanha este blog, quanto para mim.

« »