BREAKING NEWS

Quais dificuldades um Asperger pode ter pela falta de coordenação motora?

Foto: Reprodução

Quais dificuldades um Asperger pode ter pela falta de coordenação motora?:

O artigo da semana irá tratar sobre um dos maiores problemas que atingem pessoas que carreguem em suas vidas a Síndrome de Asperger que nos dias atuais é definida como o grau mais leve dos Transtornos do Espectro do Autismo (TEA).

A falta de coordenação motora é uma  das características mais frequentes em pessoas que sofram com essa síndrome.

Segundo pesquisas ao menos algum problema motor é observado em cerca de 70 a 90% dos indivíduos que sejam Aspergers.

Os maiores problemas na coordenação motora destes indivíduos os dificulta a realização de algumas atividades que ao resto das pessoas parecem tarefas banais.

Exemplos disso, são o ato de amarrar o cadarço de sapatos, algo que faz milhares de pessoas que sejam Asperger sofrerem muito durante sua infância.

Outro ponto a ser citado nos problemas motores fica pelo jeito “destrambelhado” que alguns destes indivíduos tem ao andarem, não são todos, mas alguns possuem um jeito todo próprio de caminhar.

A falta de coordenação motora também contribui para que essas pessoas sejam muito atrapalhadas para realizarem algumas atividades que precisem usar as mãos e os pés em sincronia.

Um exemplo disso, seria o ato de pular cordas,  algo tão simples, mas que para um Asperger pode ser muito mais difícil do que uma equação matemática.

Mas vale lembrar que não é por isso que essas pessoas são “diferentes” das outras tidas pela sociedade como “normais”.

Um Asperger pode ter todas as dificuldades citadas acima e até mesmo outras que não lembramos de falar, mas assim como qualquer outra pessoa, estes podem aprender a driblar as dificuldades.

No caso de dificuldades motoras, o melhor remédio para a mesma é a pratica  constante da atividade. Um Asperger tem uma capacidade imensa de aprendizado e temos quase certeza que quando dispostos podem fazer qualquer coisa que  pretendam realizar.

Porém nunca é demais citar que caso os problemas motores apresentados pelo Asperger sejam mais “graves” e que afetem a sua qualidade de vida como um todo, vale buscar ajuda de profissionais da fisioterapia ou um medico que saberá lidar melhor com tais problemas.

« »