BREAKING NEWS

Como é a ansiedade em pessoas que tem o Asperger?

Foto: Reprodução

Como é a ansiedade em pessoas que tem o Asperger?.

Quem convive com uma pessoa Asperger já deve ter notado que por vezes esses indivíduos apresentam algum sintoma de ansiedade em suas vidas.

Mas como que esse “probleminha” pode acabar afetando a vida do indivíduo de forma geral?. Tentaremos falar sobre isso hoje.

Para quem não tem conhecimento sobre o que é a ansiedade a mesma pode ser definida como sendo um sentimento de inquietude, ou ainda uma grande angustia dentro de si.

Por vezes ela pode ser acompanhada de mudanças extremas de humor em pessoas que estejam a enfrentando e acabam assim afetando, não somente o indivíduo que esta “ansioso” com algo, mas também aqueles que estão a sua volta.

Em uma pessoa que tenha a Síndrome de Asperger que nos dias atuais é denominada como sendo o grau mais leve dos Transtornos do Espectro do Autismo (TEA).

A ansiedade tende a ser mais frequente do que em pessoas tidas pela sociedade como sendo “normais”, segundo alguns estudos a ansiedade é um sentimento comum em mais de 75% dos indivíduos que tenham algum grau do autismo.

Geralmente a ansiedade aparece na vida destas pessoas, quando eles ficam frustados com algo que queriam e não conseguiram realizar, como por exemplo deixar de seguir algo que seja parte de sua rotina.

Podem também ficar ansiosos, devido a sua necessidade de falar em publico, ou ainda irem a algum evento do qual tenham um grande numero de pessoas das quais ele não conheça.

Quando ansiosos muitos destes indivíduos acabam entrando nas temidas crises nervosas que já falamos por aqui no passado.

Para que o Asperger consiga se livrar da ansiedade que tende a aparecer em sua vida, estes tendem a usarem de alguns artifícios tão comuns entre as outras pessoas “normais” que muitos podem nem mesmo saberem de sua eficiência.

Um dos exemplos disso é a utilização da musica como fuga do estresse provindo da ansiedade. Mas isso é algo a ser abordado no próximo artigo que postaremos por aqui. Até lá nos conte, como foi a pior crise de ansiedade que já teve na vida e ainda como foi que a driblou?.

« »