BREAKING NEWS

As dificuldades do Asperger em relacionamentos amorosos

Foto: Reprodução

Relacionamentos amorosos sem sombra de duvidas é um dos aspectos mais importantes e também difíceis na vida de qualquer um.

E para uma pessoa que sofra com a Síndrome de Asperger, ou ainda tenha algum outro transtorno dos quais formam os Transtornos do Espectro do Autismo (TEA), esse fato é ainda mais complexo.

Para pessoas que tenham o Asperger é muito difícil que conquistem um relacionamento amoroso que dê certo.

Isso devido a varios fatores, primeiro pelo fato destas pessoas pensarem muito antes de agir e assim por vezes acabam nem mesmo se apresentando para aquela garota ou ainda garoto do qual esteja interessado.

Aspergers geralmente são muito inseguros quando o assunto é se envolver num relacionamento amoroso.

Primeiro pelo fato de pensarem que a pessoa da qual eles podem vir  se envolver, pode não entender bem todas as suas peculiaridades e quando criam coragem e se envolvem com alguém, geralmente acabam não contando sobre o Asperger e o outro por não entender alguns comportamentos do Asperger acaba se afastando deste.

Existem outros casos, onde um Asperger pode chamar a atenção de outras pessoas que queiram se relacionar com ele, mas estes tendem a não prestarem atenção nelas.

Não por conta de talvez não se interessarem por essa pessoa, mas por não conseguir diferenciar ao certo um “flerte” de um gesto de amizade.

Quando já se encontram num relacionamento, as principais dificuldades encontradas ficam por conta de coisas que para a maioria é o “natural” de se ocorrer. Mas para o Asperger é tudo com muito mais “calma”.

Geralmente estas pessoas quando estão num relacionamento vão se entregando ao seu parceiro ou parceira aos poucos e este pode acabar não entendendo isso.

Outra coisa que geralmente incomoda pessoas que se relacionam com um Asperger é o fato destes não conseguirem olhar diretamente em seus olhos e dizer algo.

Para muitos casos isso acaba sendo o fim do relacionamento, por conta da maioria das pessoas acreditarem que quem não olha nos olhos da outra e diz algo, é porque esta escondendo alguma coisa.

Outra grande dificuldade encontrada no quesito “relacionamento amoroso” fica por conta de coisas que o Asperger acaba dizendo para sua namorada, ou namorado que podem acabar magoando a pessoa de tal forma que esta acaba deixando o indivíduo.

Não que o Asperger faça isso por vontade própria, mas dependendo da situação estes podem acabar sendo sinceros ao extremo e magoando a pessoa da qual se relaciona.

Aspergers também tendem a serem muito inseguros de si mesmos e por vezes colocam um fim no relacionamento, pensando que esteja fazendo o certo para ele e para a pessoa da qual se relaciona.

Com tudo isso dito acima até parece que pessoas que sofrem com o Asperger não são capazes de se relacionarem amorosamente. Mas engane-se quem pensa isso.

Existem muitos casos por ai, onde um Asperger se relaciona tão bem com seu parceiro amoroso que já são casados, possuem filhos e são felizes juntos. O que vale nisso tudo é que a pessoa da qual vá ficar com um homem Asperger ou ainda uma mulher, devem estar preparados para lidar com eles em todos os sentidos e “amar” cada uma das suas “peculiaridades”.

Conseguindo realizar isso, esta pessoa pode ter certeza que terá um par para toda sua vida, já que quando um Asperger ama uma pessoa, estes tendem a se apegarem de tal forma que mesmo quando o relacionamento acaba, ele segue gostando da pessoa e acaba se isolando das possibilidades de encontrar um novo amor.

« »