BREAKING NEWS

Entenda o porque do blog se chamar “O ANTISSOCIAL”

Temos recebido diversos comentários comentando sobre o “erro” ao relacionar a palavra “ANTISSOCIAL” a um transtorno como o Asperger que é um dos transtornos do Espectro Autista (TEA) e é considerado de grau leve, por não afetar a capacidade do indivíduo de se desenvolver normalmente em sua vida.

Nos comentários que recebemos fomos questionados sobre o fato de que um ser “antissocial” é nada verdade um psicopata que tem comportamentos obsessivos e que quase sempre não praticam atos lícitos e são geralmente praticantes de crimes hediondos.

Bem sim esse é o real sentido da palavra “antissocial”. Porém no nome do blog e ainda no nome do livro do qual o mesmo pertence, o sentido da palavra fica no empregado pela população ao descrever alguém com poucos amigos.

Quando dizem: “nossa aquela pessoa é muito antissocial”. Nossa ideia não é associar o Asperger a esse preconceito. Nossa ideia é exatamente o oposto. O nome foi pensado exatamente para chamar a atenção de quem estivesse a ler a capa do livro que foi criado antes do blog  e que foi o primeiro motivo para que o mesmo nascesse.

O livro também não associa o sentido “verdadeiro” da palavra “antissocial” ao personagem principal que tem dificuldades em fazer amigos, na verdade é mostrado que é possível alguém como ele ser parte da sociedade e a sua importância para a mesma.

Bem espero ter esclarecido as dúvidas a cerca deste assunto e reitero que a missão deste blog além do evidente que é lutar para que o livro com mesmo nome seja publicado e fazer com que as pessoas “enxerguem” que pessoas “diferentes” por sofrerem com o Asperger ou com qualquer outro transtorno não são pessoas que não podem ser parte da sociedade. Mas exatamente o contrário.

« »