BREAKING NEWS

Como é o tratamento da Síndrome de Asperger?

Foto: Reprodução

A alguns dias iniciamos a nossa discussão sobre a Síndrome de Asperger, um transtorno do Espectro Autista (TEA) que afeta milhares de pessoas ao redor do mundo.

Suas principais características são as dificuldades na interação social e ainda na coordenação motora.

Apesar disso, portadores deste transtorno do TEA podem ter uma vida “normal”. Ja que são capazes de aprender a conviver com suas dificuldades e driblar as mesmas e ter uma vida normal a sua própria maneira.

Já falamos por aqui sobre as características deste transtorno durante a infância, adolescência e ainda na vida adulta. Bem como é realizado o diagnostico do mesmo. Hoje iremos falar um pouco sobre os tratamentos existentes para amenizar o mesmo, visto que a Síndrome de Asperger não é uma “doença” e não pode ser “curado”.

O principal tratamento adotado em casos de diagnostico do Asperger são psicoterapia realizada 1 ou duas vezes na semana.

Nestas sessões o indivíduo ganha conhecimento de como interagir com as outras pessoas, assim evitando o seu isolamento social.

Pessoas que tenham a Síndrome de Asperger são indivíduos muito racionais e pouco sentimentais. Com tudo isso, o especialista enfrenta uma certa resistência em seu paciente que acaba não aceitando muito bem tudo que lhe é proposto de inicio.

Porém isso vai se alterando, conforme o Asperger vai ganhando “confiança” no seu especialista. A partir dai o especialista pode descobrir a melhor abordagem a ser adotada ao ter um melhor conhecimento sobre os comportamentos tidos como “estranhos” dos quais o Asperger possa apresentar.

A participação da familia no tratamento do indivíduo é de extrema importância, já que esses devem complementar aquilo que é “ensinado” pelo psicólogo durante as sessões.

Essa participação no tratamento pode ser coisas bem simples, como estipular alguns limites ao Asperger, dar-lhes algumas tarefas a serem cumpridas. Tudo sempre deve ser dito de forma bem clara, para que o Asperger não tenha duvidas, quanto a execução de tudo que esta sendo lhe proposto a ser executado.

Outra atitude importante por parte dos familiares é sempre perguntar o porque do comportamento do Asperger, durante determinada ação. Os familiares ainda devem evitar ao máximo julgar o Asperger por seus comportamentos o repreendendo, chamando o mesmo de burro, ou ainda mal educado.

Em alguns casos é sugerido o uso de alguns remédios antidepressivos, como a Sertralina ou a Nortriptilina que ajudam a amenizar um pouco alguns dos “sintomas” do Asperger.

Existem casos ainda que outros tratamentos devem ser realizados, como no caso de crianças Asperger que tenham dificuldades na fala ou ainda na sua locomoção motora, ou ainda alguma atividade que requeira uma coordenação motora, um pouco melhorada e eficiente. Nestes casos, além do tratamento com um psicólogo o Asperger pode necessitar do acompanhamento de um fisioterapeuta e ainda um fonoaudiólogo.

Claro que com esses profissionais a criança deve passar menos tempo, visto que Aspergers tem uma capacidade incrível de aprendizado, quando estão interessados.

Por isso mais uma vez é bom lembrar a importância dos familiares, durante todo o processo do tratamento, o Asperger deve ser estimulado a realizar o tratamento que será totalmente em seu beneficio.

O que mais vale mesmo é que o Asperger não se sinta como um “estranho” por precisar de acompanhamento de profissionais para que aprenda a ter atitudes mais aceitáveis na sociedade. Por mais que ele seja diferente, procure mostrar que ele é normal a sua maneira e é isso o que importa. Entendendo isso, o Asperger irá aprender a viver com suas dificuldades e usar suas qualidades da melhor forma possível.

Por essa semana é só, esperamos que estejam gostando de nossos artigos, na semana que vem tem mais.

Fique ligado e se você estiver gostando de tudo que tem lido por aqui e querer nos ajudar no lançamento do livro “O ANTISSOCIAL” que narra a historia de um jovem nascido no futuro que tem alguns traços do Asperger e sofre com tudo isso e vê sua vida mudar ao ter o destino da humanidade em suas mãos, entre no link abaixo e deixe seu apoio.

Com uma ajuda de apenas 10 reais você já contribui para que essa historia seja publicada e lida e possa servir de inspiração em sua vida!.

Apoie o livro O ANTISSOCIAL: http://catarse.me/livrooantissocial/

 

« »