BREAKING NEWS

Um pouco sobre a Síndrome de Asperger

Neste artigo iremos falar um pouco sobre a Síndrome de Asperger que é um dos transtornos que afeta milhões de pessoas ao redor do mundo. Porém nem sempre essas descobrem que possuem o mesmo por seu diagnostico ser de difícil realização.

A Sindrome de Asperger é um transtorno mental que é parte dos transtornos do Espectro Autista. O Asperger pode ser diferenciado dos outros transtornos do TEA somente pelo fato de que os indivíduos que sofram com esse transtorno tem todas suas capacidades de desenvolvimento normais. Ou ainda acima da média. Pessoas que tenham asperger tem grandes tendências em terem o QI mais elevado do que a maioria da população. Isso acontece segundo alguns estudos devido a um funcionamento diferenciado nos neurotransmissores destes indivíduos. O Asperger apesar de ser desconhecido da população em geral é um transtorno muito mais comum do que muitos imaginam e é certo que todos já tenham convivido com ao menos uma pessoa que tenha a Síndrome de Asperger. Ou ainda conheça alguém que tenha a síndrome ou tenha tido. Um exemplo disso é o maior gênio da historia da humanidade. Albert Einstein que era portador da Síndrome de Asperger e usou toda a inteligência provinda do transtorno para um bem maior, deixando um importante legado para a humanidade. Existem outros nomes mais atuais. Como por exemplo  Bill Gates, o homem mais rico do mundo e dono da Microsoft. Steve Jobs que faleceu em 2011 e foi dono da Apple que é hoje uma das empresas mais valiosas do mundo.

A Síndrome de Asperger tem como sua característica principal a dificuldade na comunicação e ainda um certo desordenamento motoro. Que faz com que os indivíduos que sofram com esse transtorno sejam um tanto, quanto atrapalhados em seus movimentos. Outro fator importante do Asperger é o fato de que seus portadores não conseguem entender frases com duplo sentido e quase sempre questionam o interlocutor, querendo saber do que ele estava falando exatamente. Além disso, pessoas com Asperger ainda tem dificuldades de compreender as emoções nas outras pessoas e por conta disso acabam sendo julgados por muitos como pessoas frias e egoístas.

Como já dito acima o Asperger é um transtorno de difícil diagnostico, porém existem alguns “sinais” que podem ser notados logo no começo da vida do indivíduo. Esses sinais são em sua maioria das vezes notados pela dificuldade da criança em fazer novas amizades, uma certa resistência a seguir regras, necessidade de ter uma rotina diária a ser seguida a risca. O diagnostico do Asperger somente pode ser realizado por especialistas muito experientes sobre o assunto, algo que torna raro os casos que o diagnostico foi confirmado e assim a criança se torna adulta e passa a sofrer ainda mais com as características do transtorno que irá durar enquanto vida este indivíduo tiver.

Na vida adulta portadores da Sindrome de Asperger sofrem para conseguirem se relacionar em seus ambientes de trabalho e também em sua vida amorosa. Isso porque estes tendem a serem pessoas que gostam mais de estarem solitários. Outro fator crucial no quesito vida amorosa é fato destes não gostarem muito de serem tocados e ainda por vezes não conseguirem se concentrar ao ter uma conversa olhando nos olhos da outra pessoa. Algo que para muitos pode dizer que a pessoa esta mentido em algo na conversa ou não é confiável. Porém tudo isso dito acima não são apenas coisas ruins. O Asperger tem seu lado bom também, isso já deve ter sido notado com os nomes citados acima. Pessoas que possuem esse transtorno geralmente possuem algumas “manias” que são denominadas como sendo seus “hiperfocos” que seriam atividades das quais essas pessoas sentem grande prazer ao realizar. E geralmente estes se tornam grandes especialistas neste assunto. Um grande exemplo polêmico disso é o jogador Lionel Messi que em sua infância carregava uma bola de futebol para todos os lugares que se locomovia. Apesar do caso do jogador não ser confirmado as chances do mesmo ser portador do Asperger são gritantes. Ao contrário da maioria dos outros transtornos do Espectro Autista, portadores do Síndrome de Asperger podem ter uma vida “normal” na sociedade por estes terem plena capacidade de aprendizado e podem assim serem “condicionados” a aprenderem a conviver e seguir as regras da sociedade. Este artigo esta ficando muito extenso, por conta disso iremos seguir falando sobre o assunto nos próximos para que você não se canse ao ler. Fique ligado. E ajude a nossa campanha do livro O ANTISSOCIAL que tem um personagem que tem alguns dos fatores que podem ser identificados nos portados do Asperger. Para nos ajudar clique abaixo:

http://catarse.me/livrooantissocial

« »